CTEEP digitaliza subestação de transmissão e prevê mais R$ 20 milhões na ampliação da tecnologia

A Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP) completa a digitalização da subestação (SE) Mongaguá, localizada na cidade de mesmo nome no litoral sul de São Paulo. A iniciativa recebeu aporte de R$ 1,6 milhão e é parte do planejamento de modernização de suas instalações. Os resultados desse processo definiram a estratégia da companhia de ampliar a tecnologia para suas demais instalações, com investimento de mais R$ 20 milhões em dois anos. No segundo semestre deste ano, serão atualizadas mais três subestações. E outras duas estão previstas para 2011.

A digitalização da subestação Mongaguá, que atende a distribuidora de energia elétrica da região litorânea, consiste na integração de um sistema de proteção, medição, comandos, controle e supervisão totalmente digitalizado, mais eficiente e que permite maior facilidade de operação e manutenção de subestações de transmissão. O resultado é uma análise e retorno mais rápidos na identificação de perturbações no sistema e respectivas manutenções, o que traz ainda mais confiabilidade ao sistema.

Na prática, entre outras vantagens, a nova tecnologia permite manobras automáticas para substituir transformadores ou linhas de transmissão que apresentem falhas, incidentes e outras perturbações por equipamentos que estejam em stand by. Além disso, ele antecipa o diagnóstico da ocorrência, tornando mais rápida a manutenção e reparos, que já possuem níveis elevados de eficiência. Esta análise é possível graças à padronização de comunicação entre equipamentos "O sistema digital possibilita a interoperabilidade de equipamentos de qualquer fabricante, já que utiliza protocolo de comunicação aberto e é padronizado por norma internacional (IEC 61850)", informa Celso Cerchiari, diretor de Operações da CTEEP. Além disso, a digitalização traz outras vantagens como melhor desempenho do sistema, facilidade de configuração, manutenção, operação e as lógicas distribuídas em IEDs (Dispositivos Eletrônicos Inteligentes).

No caso da subestação Mongaguá, ela era composta inteiramente por proteções eletromecânicas. Desta forma, o envio de informações para o Centro de Operação da Transmissão (COT) da CTEEP se baseava nos dados emitidos por dispositivos eletromecânicos auxiliares (relés), e só então era realizado o diagnóstico da situação para adoção das medidas necessárias. Com o novo sistema, que realizou a automatização dos transformadores, transferência automática de linha e serviço auxiliar, as informações são requisitadas na rede de comunicação, eliminando a instalação de relés auxiliares e painéis.

A digitalização permite enviar os dados ao COT utilizando o protocolo de comunicação, que faz a interligação entre os equipamentos por meio de fibra ótica e switches redundantes, reduzindo a quantidade de cabos de comando e controle e acessórios. Dessa forma, a solução minimiza os custos de instalação, material e manutenção, e aumenta ainda mais a confiabilidade do sistema elétrico e disponibilidade da rede, pois fornece aos técnicos mais informações e segurança para a operação da subestação, inclusive para a análise de falhas na sua rede elétrica.

"Foram três meses de trabalho desde a assinatura de contrato com a Efacec do Brasil, empresa do setor eletromecânico, responsável pelo projeto em parceria com as nossas equipes de manutenção", informa Cerchiari. "Por se tratar de um sistema novo, com mudanças de conceitos e paradigmas (tecnologia sem fio), as equipes de comandos e controle são capacitadas sobre o novo protocolo e suas respectivas ferramentas de diagnóstico e manutenção", finaliza.

CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista
A CTEEP é uma companhia do Grupo Empresarial ISA, que detém mais de 37% do capital total e opera uma complexa rede de transmissão, por onde trafegam 30% da energia produzida no Brasil e 60% da eletricidade consumida no Sudeste do País. Seu sistema elétrico é composto por 12.271 km de linhas, 18.698 km de circuitos de transmissão e 105 subestações com capacidade de transformação de 43.223 MVA. Com uma extensa malha de linhas de transmissão e subestações em todo o estado de São Paulo, atende concessionárias de distribuição, consumidores de grande porte e ao exigente mercado brasileiro. Com as conquistas de novas concessões nos últimos leilões de transmissão, a CTEEP hoje está presente em doze estados brasileiros. Seu lucro líquido em 2009 foi de R$ 828 milhões.

Grupo Empresarial ISA
Atua nos setores elétricos e de telecomunicações. Maior transmissor de energia da América Latina, o grupo possui 37.629 quilômetros de circuito de alta tensão e mantém atividades de transporte e serviços associados, como a operação e administração dos mercados de energia. É formado pelas seguintes empresas no setor de eletricidade: ISA, Transelca, ISA Peru, Red de Energia del Peru, Consorcio TransMantaro, ISA Bolívia, XM – Compañia de Expertos em Mercados e CTEEP. Em telecomunicações, atua na Colômbia e Peru com a empresa Internexa.
 
Informações para Imprensa
CDI Comunicação Corporativa
www.cdicom.com.br- (55 11) 3817-7900
Mariana Bertolini – mariana@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7913
Mariangela Morenghi – mariangela@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7946
Anaísa Silva – anaisa@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7917
 


 
Voltar