CTEEP fatura R$ 1,8 bilhão em 2008

São Paulo, 13 de março de 2009 – A Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (CTEEP), principal empresa privada do setor de transmissão de energia elétrica no Brasil, alcançou receita líquida de R$ R$ 1,56 bilhão em 2008, crescimento de 18,9% em relação ao resultado registrado em 2007, que foi R$ 1,31 bilhão. A receita bruta foi de R$ 1,8 bilhão, elevando o valor R$ 1,6 bilhão apurados em 2007. O lucro líquido manteve praticamente estável comparado ao ano passado, ao atingir R$ 827,1 milhões. A companhia fechou o ano com margem EBTIDA de 84,2%, totalizando R$ 1,3 bilhão.

A condição financeira segura e estável da CTEEP, bem como o resultado positivo, apesar da crise que atingiu a economia mundial em 2008, permitiram que a companhia avançasse nas suas metas de crescimento. O período foi marcado pela participação expressiva nos leilões promovidos pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), ao arrematar empreendimentos importantes. O destaque foi a conquista de dois lotes do projeto do rio Madeira, que permitirá à empresa ampliar sua participação para Rondônia, Mato Grosso e Goiás e, com isso, estar presente em doze estados brasileiros. Os lotes arrematados pela CTEEP nos leilões de 2008 fortaleceram o processo de consolidação no setor elétrico brasileiro, somando aos ativos da companhia cinco linhas de transmissão de corrente alternada (1.067 km), sete subestações com 3.550 MVA de potência instalada, uma linha de transmissão de corrente contínua de 2.375 km e duas estações retificadoras de 3.150 e 2.950 MW.

A Receita Anual Permitida (RAP) – principal fonte de receita da CTEEP por meio do uso de seu sistema de transmissão por outras concessionárias do serviço público de energia elétrica, agentes do setor e consumidores livre – atingiu R$ 1,8 bilhão em 2008, o que representa um crescimento de 15,3% em relação a 2007.

Em 2008, a CTEEP obteve financiamento de R$ 329,1 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para o Plano de Investimentos Plurianual 2008-2010, que contemplará investimentos em reforços, novas conexões e manutenção das operações da companhia. Os encargos correspondem a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP) acrescida de 1,8% ao ano. A amortização será em 54 parcelas mensais a partir de janeiro de 2011, sendo que, até o início da amortização, os encargos são pagos trimestralmente.

Ampliação e expansão do sistema de transmissão

A CTEEP investiu em 2008 em projetos de energizações para aumento da capacidade de transformação, construção, recapacitação de linhas de transmissão e outros reforços. Com isso, registrou acréscimo de 1.040 MVA de capacidade de transformação instalada no sistema, chegando à marca de 43.069 MVA.

O ano passado foi marcado pela realização de obras de reforços e melhorias, como forma de assegurar maior confiabilidade no sistema de transmissão da CTEEP e oferecer melhores serviços aos seus usuários, às distribuidoras e consumidores livres. Os projetos da companhia, em sua maioria, foram providenciais no estado de São Paulo e também contribuíram diretamente para fortalecer o Sistema Interligado Nacional (SIN), já que o território paulista abriga um importante "complexo elétrico", fazendo conexões entre as regiões Sul e Sudeste do País.

Um dos investimentos da CTEEP foi em reforços no litoral, principalmente em São Sebastião, que contribuiu para garantir o abastecimento de energia elétrica em períodos de alto consumo, como as férias de verão. A construção da linha de transmissão Neves 1-Mesquita (500 kV), por meio da subsidiária Interligação Elétrica de Minas Gerais (IEMG), também esteve entre os principais projetos energizados pela companhia. Outras obras possibilitaram a entrada de novas conexões de usinas de biomassa.

Para 2009 já estão autorizados pela ANEEL aproximadamente 56 projetos, com investimentos da ordem de R$ 547,8 milhões. As novas concessões também permitiram um aumento na RAP de R$ 320,7 milhões, por meio das empresas que a companhia tem participação acionária – Interligação Elétrica Norte e Nordeste (IENNE), Interligação Elétrica Pinheiros, Interligação Elétrica Madeira e Interligação Elétrica Sul, que foram constituídas a partir das conquistas dos leilões realizados em 2008 –, somando aporte de R$ 868,5 milhões este ano.

CTEEP – Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista

A CTEEP é uma companhia do Grupo Empresarial ISA, que detém mais de 37% do capital total e opera uma complexa rede de transmissão, por onde trafegam 30% da energia produzida no Brasil e 60% da eletricidade consumida no Sudeste do País. Seu sistema elétrico é composto por 12.140 km de linhas, 18.495 km de circuitos de transmissão e 102 subestações com capacidade de transformação de 43.069 MVA. Com uma extensa malha de linhas de transmissão e subestações em todo o estado de São Paulo, atende concessionárias de distribuição, consumidores de grande porte e ao exigente mercado brasileiro. Com as conquistas de novas concessões nos últimos leilões de transmissão, a CTEEP hoje está presente em doze estados brasileiros.

Grupo Empresarial ISA

Atua nos setores elétricos e de telecomunicações. Maior transmissor de energia da América Latina, o grupo possui 37.629 quilômetros de circuito de alta tensão e mantém atividades de transporte e serviços associados, como a operação e administração dos mercados de energia. É formado pelas seguintes empresas no setor de eletricidade: ISA, Transelca, ISA Peru, Red de Energia del Peru, Consorcio TransMantaro, ISA Bolívia, XM – Compañia de Expertos em Mercados e CTEEP. Em telecomunicações, atua na Colômbia e Peru com a empresa Internexa.
 
Informações para Imprensa
CDI Comunicação Corporativa
www.cdicom.com.br- (55 11) 3817-7900
Mariana Bertolini – mariana@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7913
Mariangela Morenghi – mariangela@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7946
Anaísa Silva – anaisa@cdicom.com.br- (55 11) 3817-7917 Voltar